Pular para o conteúdo principal

Hora de Ler: Quando eu Era Joe - Keren David


E aí galerinha?! Lançamento do mês por aqui da Novo Conceito, um livro que pela capa não criei expectativa nenhuma mas quando comecei a leitura...
A capa quando vi pela primeira vez pensei se tratar de algo religioso, sério parece Maria aí kkkkkkkkkk. Mas enfim, vamos ao que interessa.

Ty(ler) Lewis é uma criança de 14 anos normal como qualquer outro da sua idade, tem um melhor amigo Aaron até que sua vida vira um inferno depois de ter presenciado um crime.

Ele foi seguir Aaron sem saber do que se tratava, chegando no parque uma gangue esperava escondida por um menino negro, eles tentam roubar o iPod mas ele reage e a coisa está feita. Ty vê tudo de longe mas como é amiguinho de Aaron corre para tentar ajudá-lo no final, chama uma ambulância e volta desesperado para casa. Por iniciativa da avó ele foi prestar queixa do acontecido, e daí para frente a vida dele só piora.

O menino é obrigado a fugir para outro estado/cidade com a mãe que é advogada, defendendo-o por todos os lados (se é que me entendem), eles ganham uma nova identidade, Ty agora será Joe, um menino de 13 anos da 8° série do fundamental (na escola anterior ele estava no 9° ano) os policiais recomendam extrema cautela e nada de amizades nem muito menos que seus nomes reais sejam descobertos.
Mas é claro que não é bem isso que acontece.

Parando por aqui por motivos de spoiler.

~

Bem, o livro segue uma linha meio suspense com mistério, sobre o que irá acontecer na vida de Ty nas próximas páginas, o interessante é que não tem como presumir o que vem por aí, a autora sempre surpreende não tem nada de "clichê" ou "genérico" nesse ponto a narrativa. Também chega a viciar do tipo que você tá cambaleando de sono mas não consegue largar o livro nem por dinheiro.

Ver original no Instagram

Como disse no início, foi uma surpresa MUITO boa, óbvio que se tratando de Young Adult tem as partes meio "assim" aquela coisa de escola, sempre tem o valentão, a gostosona, o nerdinho e o atleta porém não atrapalha em nada o dinamismo da obra.
Uma coisa "chata" é falar do livro sem dar spoiler, pois existe um ~~arco~~ central que foi o crime poréeeeem muitas coisinhas importantes são explicadas no decorrer e fica quase impossível não citar depois que descobrimos. Quem leu talvez vá achar que faltam coisas no review, mas eu preferi assim do que estragar a surpresa.


Esse é o primeiro volume (no brasil) de uma trilogia da estreante Keren David, lá fora a série já está completa, ainda tem o Almost True e o Other Life que sem dúvidas serão publicados pela Novo Conceito.

Trilogia
PS: Não por acaso a "pegada" do livro me remeteu á A Outra Vida (que também espero ansiosamente a tradução da Novo Conceito HAHAH. ), a diferença é que o primeiro é uma distopia e Joe é drama.

O trabalho gráfico tá sensacional! As manchas de sangue em alto relevo na capa, as fontes utilizadas para o título e capítulos, o tamanho da fonte também agradável e papel pólen. Só não gostei da imagem mas faz todo sentido ao ler a obra. No final tem o que os americanos chamam de "free proof" nada mais que a famosa amostra grátis do próximo livro, porém me recusei a ler para não ficar mais ansioso.

Preview do próximo vol.

Detalhe da capa


Sem dúvidas 5 estrelinhas e quero pra ONTEM Almost True!

Quando Eu Era Joe, de Keren David é composto por 304 páginas, publicado pela Editora Novo Conceito e á venda em todo país.

PS II: Gostaria MUITO de sortear um exemplar por aqui, mas infelizmente só recebi um, de qualquer maneira dependendo da recepção de vocês (comentários) entro em contato com a editora e resolvo isso ;)